Workshop sobre Adaptação + Mostra Histórias de Nós com Madeleine Alves

Assista videochamada em 

PROGRAME-SE para o Workshop Adaptação: da Literatura ao Cinema, com Madeleine Alves

🎬Sábado (15), das 14h às 16h
Unindo dois segmentos da cultura que, há tempos, fazem parte do panorama local — literatura e audiovisual —, a proposta deste workshop é despertar o interesse dos participantes sobre o procedimento de adaptação da literatura para o cinema. Tendo em vista a transposição de um meio para o outro, vamos tratar um pouco sobre diferenças entre as linguagens literária e audiovisual, estruturas narrativas, criação e formatação de roteiros cinematográficos e tipos de adaptações. 
Investimento de R$30. 
Inscrições pelo link http://bit.ly/2sMBoCh

MOSTRA “Histórias de Nós”
🎬Sábado (15), das 16h30 às 19h30
Organizada pela realizadora audiovisual e produtora cultural Madeleine Alves, traz para a tela multicultural do Lobo Estúdio alguns dos trabalhos mais expressivos do audiovisual da Baixada Santista. Apresentando ao público as múltiplas possibilidades do audiovisual, será possível assistir a curtas-metragens de ficção, curtas documentais, médias-metragens e videoclipes. Ao final, acontece um bate-papo entre público e realizadores mediado pela Madeleine, no qual poderemos trocar informações sobre as produções, sobre as perspectivas de contar essas histórias pelos pontos de vista escolhidos e conversar um pouco sobre as condições de realização audiovisual atuais na Baixada Santista.
Entrada Livre

"Múltiplos de 13" - Direção: Renata Lins e Luiz Gustavo (Documentário, 2015, 2’)
“Desligado” - Direção: Tiago Cardoso (Ficção, 2014, 10’30’’)
“Diálogos de Bares” - Direção: Nildo Ferreira e Fabrício de Lima (Ficção, 2010, 9’07’’)
“Maternidade Azul” - Direção: Juh Ferraz (Documentário, 2016, 15’)
“Vidas ao Mar” - Direção: Raphael Capello e Leonardo Figueiredo (Documentário, 2016, 7’47’’)
“Vá Como Se Seu Namorado Não Fosse Gostar” - Direção: Iasmin Alvarez (Documentário, 2015, 9’13’’)
Ciatas de Santos: Mulheres Que No Samba Resistem” - Realização: Wídia Cultural (Documentário, 2017, 10’)
“Como É Bom Ser Bom” - Direção: Carlos Oliveira (Ficção, 2017, 35’)
"Amplifier" - Amphères (Videoclipe, 2017, 3'15")

MOSTRA “Histórias de Nós”

O Lobo Estúdio promove e recebe ao longo de todo o mês de julho uma programação diferenciada com oficinas e eventos. A ideia principal, segundo Nara Assunção e Jota Amaral, é promover a troca de ideias e conhecimento que permeiam entre permacultura, literatura, contação de história, música, sustentabilidade com atividades para crianças e adultos.



indicação Madeleine Alves

Comentários